Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Redes sociais

Sheilla deixa seleção de vôlei feminina antes do previsto após polêmica

Demétrio Vecchioli - UOL/Folhapress
10 jul 2024 às 07:41
- Maurício Val/FV IMagens/CBV
Publicidade
Publicidade

A auxiliar técnica Sheilla Castro deixou a seleção feminina de vôlei antes do previsto. Ela deveria se apresentar em Saquarema nesta segunda-feira (8) para uma última semana de atividades no CT da CBV, mas se desligou antecipadamente após um tuíte que gerou constrangimento no grupo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
YouTube

CazéTV irá transmitir jogo da NFL no Brasil e outros duelos internacionais na temporada 2024

Imagem de destaque
Trajetos de 30 km e 60 km

Alvorada do Sul promove Festival de Alvo Bike nos dias 3 e 4 de agosto

Imagem de destaque
Homenagem com logo

Estádio do Café recebe a final do Campeonato Paranaense de Futebol Americano no fim do mês

Imagem de destaque
Em Curitiba

Paraná recebe campeonato com gigantes do fisiculturismo mundial em julho

Sheilla teve um relacionamento próximo com Gabi, nunca assumido como amoroso, mas as duas se distanciaram nos últimos meses e chegaram a se bloquear no Instagram após entrarem juntas, de mãos dadas, em um ato contra a LGBTfobia na etapa do Maracanãzinho da Liga das Nações.

Publicidade


No fim de semana, Sheilla respondeu com "wait and see" (espere e veja) uma troca de mensagens entre um perfil aparentemente falso no Twitter, de um tal "Piero Giuseppe", e um perfil de fã de Gabi.


"Piero" primeiro acusou Gabi de não estar comprometida com a seleção porque ela iria a um show da cantora Ana Carolina e havia passado a noite bebendo. O perfil do fã respondeu, e "Piero" citou que, um mês atrás, já havia avisado sobre Gabi ir à Grécia após a VNL. O fã questionou 'e daí?" e a resposta veio pelo perfil oficial de Sheilla: "Wait and see... again".

Publicidade


Como a conversa era entre esses dois perfis falsos, a interação de Sheilla foi lida, por torcedores, como sendo a ex-jogadora a responsável pelo perfil fake que ataca Gabi com informações de quem tem acesso privilegiado a ela. Nas horas seguintes, Pri Daroit e Carol (Carolana), da seleção, deixaram de seguir Sheilla, e Daroit postou uma foto no show de Ana Carolina marcando Gabi, que é a capitã do time.


Com o clima pesado, a comissão técnica, da qual Sheilla segue fazendo parte, decidiu que era melhor a ex-jogadora não se apresentar para esta semana de treinamentos em Saquarema, conforme noticiou primeiro a Itatiaia. Mas já não estava no planejamento que ela viajasse à França, tanto que não foi credenciada para acessar centros de treinamento. Ela muito menos iria às Olimpíadas como credenciada.


Sheilla é uma "auxiliar" da comissão técnica e ajuda em treinos, mas não faz parte da equipe mais próxima a Zé Roberto, que tem Paulo Coco e Wagão como assistentes técnicos. É um cargo semelhante ao de Serginho Escadinha na masculina, e o ex-líbero também não vai à França. Ele, porém, está em Saquarema esta semana.


Procurada, a CBV disse que "Sheilla não participará presencialmente desta fase dos treinamentos em Saquarema, mas continua fazendo parte da comissão técnica da seleção feminina". E completou: "Desde o início, seu trabalho tem fases presenciais e ações remotas." A assessoria de Sheilla enviou o mesmo texto.


Imagem
Confederação Brasileira de Atletismo confirma 43 nomes do Brasil em Paris 2024
A CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) anunciou a lista dos 43 atletas do país classificados à Olimpíada de Paris 2024, ao todo quinze atletas (19 mulheres e 24 homens) garantiram presença em Paris ao conseguirem o índice olímpico.
Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade